62894388 @elapensatambem: Junho 2011

recent posts

25 de jun de 2011

As emoções femininas

Falar de mulher e emoções para muitos (as) já é sinal de dor cabeça, como diz o meu colega é um assunto TENSO, principalmente quando vem misturado com maternidade ou TPM hehe.
Não que eu esteja debochando ou criticando de forma pejorativa pelo contrário estou justificando e colocarei as coisas nos seus devidos lugar. Então vamos lá!

Não preciso falar que nós mulheres possuímos hormônios (dã!) e que esses hormônios mexem um pouquinho (só um pouquinho rsrs) com nossas emoções, saber que alguns homens não entendam isso é explicável mas não justificável,agora é inadmissível que nós mulheres não tenhamos consciência disso. Ninguém gosta de descontrole e desespero.

Uma vez que passamos a nos conhecer, aprendemos então a lidar com as nossas emoções, nossos sentimentos, diga-se de passagem muitas vezes erramos principalmente na relações conjugais quando damos valor demasiado a algumas emoções. Não quero dizer que devemos ser frias ou totalmente racionais não é isso, mas devemos usar essa característica emotiva concedida a nós pelo próprio Deus de forma sábia, não quero colocar nenhum objetivo inalcançável aqui, precisamos conhecer nossas emoções e administrá-las da maneira certa (ô como isso é difícil). Somos mulheres e pronto! Possuímos emoções numa dosagem maior sim! Os machões de plantão que me perdoem mas nossos sentimentos são qualidades ( quando aplicados de forma correta hehe) , somos mulheres fortes sabemos cuidar da família,  somos emotivas, amorosas, dedicadas, ajudamos no lar financeiramente ou não, gostamos de futebol, a maioria de nós não se agrada de pornografia, queremos respeito rsrsrs e SIM nós completamos os homens!

É isso mesmo nossas emoções foram feitas para completar o ser masculino, e eles da mesma forma nos completam e assim como nós mulheres temos que saber administrar nossas emoções vocês homens de igual modo devem administrar os seus extintos principalmente quando eles estão relacionados a outras fêmeas rsrs (aquelas que não são suas cônjuges) entendeu?? Saiba que a infidelidade ou a suspeita de, é que produz insegurança na maioria das mulheres e consequentemente emoções exageraaaaaadas, então criatura de Deus simplesmente não dê motivos e exercite sua paciência rsrsrs

"Toda mulher precisa de alguém que a entenda, honre e ame incondicionalmente. E isso nunca poderá ser encontrado em um homem. Só o mais perfeito dos noivos, Jesus Cristo, é capaz de satisfazer os anseios mais profundos da mulher." Jackie Kendall

6 de jun de 2011

Em qual vagão eu fico no metrô??

Olá pessoal meu nome é Natasha Arruda e hoje estarei postando um pensamento que tive depois de passar por uma certa situação.

Então acordei pela manhã por volta de seis e meia me arrumei peguei o ónibus para ir até o centro de Nova Iguaçu chegando em NI fui até estação de trem paguei integração metrô e fui...

Nem preciso falar que fiquei uma hora em pé no trem torcendo pra que chegasse em São Cristovão e pudesse pegar o metrô pra saltar na estação mais próxima da Rio Branco.
Chegando na estação,isso já era umas oito e meia ou nove horas,ufa.. tem vagão feminino que bom!... não foi não...

Vamos lá por qual motivo criaram o vagão feminino? R: Por causa dos homens mau intencionados que ficam tirando "casquinha" de nós mulheres quando a condução está amarrotada de gente e mesmo quando o vagão não está lotado esses caras tiram "casquinha". Concordo que nem todos os homens são maus intencionados, mas e quando nós encontramos mulheres más intencionadas no vagão feminino?

Não quero ofender a ninguém mas eu sou heterosexual gosto de homens!!Não é nada bom ter mulheres tirando casquinha de mim no metrô, pior no vagão feminino algo que foi conquistado para integridade física das mulheres.São tantos os questionamentos que me vieram após esse episódio. Percebe se eu for no vagão misto alguns homens tirarão casquinha de mim se for pro vagão feminino as mulheres tirarão casquinha de mim. Afinal em qual vagão que eu fico??

Tá cada vez mais difícil!!!

Poderá gostar também:

http://elapensatambem.blogspot.com/2014/06/eu-nao-apedrejei-mas-eu-apedrejaria.html