62894388 @elapensatambem: 2016

recent posts

30 de dez de 2016

Uma vida nova ou um ano novo?

Gostaria de vir aqui e escrever um lindo texto motivacional, mas não sei se alcançarei esse objetivo nesse post. Essa é a última semana do ano de 2016 e é muito comum as pessoas fazerem uma lista de agradecimentos pelas coisas boas que aconteceram durante o ano ou se não querem que o ano acabe logo pois acham que 2017 será um ano melhor como num passe de mágica, tipo, soltem o fogos de artifícios e o ano que se inicia será o melhor de todos.



As vezes tratamos o tempo como se fosse uma pessoa, um ser que decide ou não realizar coisas boas, só que na verdade esse "tempo" não existe, o que existe é a marcação que fazemos dos acontecimentos ocorridos nos dias, uns são repetidos outros são eventuais, mas nenhum dos acontecimentos ocorre por acaso ou porque é o tempo de acontecer. O que quero dizer com isso?

Bem, qual o proveito que o ano de 2016 teve para você se você não entendeu que tanto as coisas "boas" como as "más" aconteceram devido a atitudes realizadas e que tudo o que acontece é resultado de uma ação realizada. Se você entrar em 2017 sem fazer essa reflexão, fatalmente daqui a um ano você terá as mesmos pensamentos que você tem agora.

As atitudes, elas que são relevantes, tudo nessa vida é aprendizado, experiência ruins e experiências boas também. Pare um pouco e reflita. Quais foram os motivos para os bons resultados alcançados? Torne a fazê-los e se possível os otimize, vá mais além do que você foi em 2016. Quais foram os motivos para os "maus" resultados alcançados? Pare, pense e reflita, o que você aprendeu com essa experiência, quais eram o fatores envolvidos e principalmente qual foi a sua parcela de culpa? 2017 virá mas ele não será diferente se você não for diferente!

Sei que nessa sua reflexão haverão coisas tristes e incompreensíveis, como por exemplo: morte, doença, injustiça, traição... O que posso dizer é que ninguém está livre de passar por essas coisas na vida, todos nós sofremos por essas coisas em algum momento. O que fazer então?

Primeiro aproveite cada momento como se ele fosse único, não perca a esperança, se uma coisa pode dar errado, ela também pode dar certo. Determinadas coisas são tristes, mas elas ficam ainda mais tristes se houver arrependimento, culpa ou mágoa envolvida. Não carregue isso!

Todos nós estamos de passagem por aqui, e o que nos espera na próxima vida é reflexo daquilo que vivemos aqui, das coisas que decidimos guardar em nossos corações. Seja grato por tudo, por tudo mesmo, pois tudo tem o seu proveito debaixo do céu e acima da terra, eu diria que tudo tem proveito em todo o tempo e em todo espaço e lugar!

Uma Feliz Vida Nova para você!

15 de dez de 2016

Dicas para Ensaio Fotográfico.

Hello people!

Hoje vim compartilhar com vocês a experiência que tive com o meu ensaio fotográfico, resumi tudo em algumas dicas que creio que são essenciais para um bom resultado.



O motivo no qual eu realizei o meu Ensaio Fotográfico foi bem simples, minha irmã me deu de presente rsrsrs. Saber o motivo da realização do ensaio é essencial, porque a partir disso é que as outras coisas serão pensadas. Como se tratava de um presente de aniversário busquei fazer algo que estivesse de acordo com a minha vida naquele momento.

A fotógrafa do meu ensaio foi a Pâmela Photo Produções, saber escolher o profissional para esse fim é muito importante, a Pâmela meu deu várias dicas sobre o meu perfil, questões como o posicionamento da cabeça, onde colocar os braços e conforme ela ia dando essas dicas eu as aplicavas nas poses e assim o ensaio fluiu bem, se comunique e sempre ouça o seu fotógrafo.

Onde fazer o ensaio fotográfico?


O meu ensaio foi externo, escolhi assim pelo motivo no qual decidi fazer o ensaio, nessa época eu estava começando a fazer trilhas e como disse anteriormente queria que o meu ensaio retratasse aquilo que estava vivendo no momento, eu escolhi fazer o meu ensaio na Pista Cláudio Coutinho, Urca/RJ. Foi um super achado, pois a pista me proporcionou vários ambientes, o mar, as pedras, as árvores e jogo de luz natural do lugar, tudo isso enriqueceram e muito o meu ensaio.


O que vestir no ensaio fotográfico?


A escolha da roupa para mim não foi difícil, a primeira opção foi  escolher uma roupa para realizar uma caminhada, a segunda escolha foi por causa do meu estilo pessoal, faziam poucos meses que eu havia realizado BC e assumido meu cabelo totalmente natural, então busquei no vestuário  roupas e acessórios que transmitisse essa identidade mais ousada, mais segura de si, tipo diva rsrsrsrs
E por fim a ultima peça de roupa que usei tinha haver com o cenário escolhido, como a pista fica próximo a praia escolhi um vestido branco de renda para fotografar na praia.


As poses para o ensaio fotográfico.


As poses que fiz para o ensaio foram totalmente espontâneas, claro que realizei algumas pesquisas na internet de outros ensaios, como estava em um pista de caminhada com roupa fitness, foi fácil fazer algumas poses, bastava lembrar algumas posições de alongamento e  flash! está pronto a foto, e conforme eu ia me soltando a minha fotógrafa ia pedindo outras poses relacionadas. Na minha segunda opção de roupa eu estava usando uma saia longa estampada que possui uma abertura na lateral, logo fiz bastante poses explorando a saia. Lembra dos acessórios, então, eles também foram usados em algumas poses para o ensaio, inclusive a capa da fan page do blog no Facebook é uma foto onde estou segurando um cordão.


Dica de ouro para o ensaio fotográfico.


Para se ter uma boa foto é necessário se pensar em luz, cores e texturas. Na escolha da minhas roupas eu busquei lembrar quais as cores predominantes no cenário, os elementos contidos no cenário e a hora em que será realizado o ensaio.

As cores eram cinza, verde e azul, então busquei escolher cores que apresentasse contraste e também fossem harmoniosas com o cenário, o meu ensaio foi realizado de dia , haviam locais com sombra e locais com muita luz, se eu estivesse escolhido roupas muito claras nos locais com muita luz a fotos tenderia a estourar e se eu tivesse pensado em apenas roupas escuras nos lugares com sombra elas não apresentariam contraste.

Espero que tenham gostado das dicas...

Promoção de Fim de Ano.


Ah  já ia me esquecendo tem uma super promoção de fim de ano da Pâmela Photo Produções, clique aqui! Deu a louca na fotógrafa!!

Até o próximo post.


12 de dez de 2016

Minha horta: Upgrade!

Hello people!

Faz um tempo que não falo da minha despretensiosa horta aqui no blog, quem me acompanha no Instagram sabe que tenho realizado várias atividades, pois bem, resolvi fazer um upgrade aqui para vocês e pedir desculpas porque poderia ter passado a vocês várias informações muito importantes.

Flor de Tomate.
Tomate: Lá no Instagram eu mostrei o pé de tomate que tinha aqui em casa e também já mostrei o fruto da primeira colheita rsrsrsrs. Infelizmente o pé pegou uma praga e morreu mas já tenho outros pés que estão dando flores e já sei como me livrar das pragas.

Batata - doce: Nesse post aqui eu mostrei para você como usei a técnica hidropônica para plantar a batata-doce, primeiro eu esperei ela criar raízes e folhas e após isso a plantei na terra. No início a minha plantinha estava bem prejudicada tadinha, mas mesmo assim a rama de batata-doce estava lá resistindo ao tempo, aquele broto que tinha nascido no copo com água morreu e nasceu uma nova rama e ela está se alastrando pelo chão do meu quintal. Segundo as informações que pesquisei na internet após o plantio deve -se esperar cerca 120 dias para que haja frutos.

Eu plantei a minha batata-doce no mês de Abril, que não foi um mês muito apropriado para o plantio, o ideal é que a batata-doce seja plantada em climas quentes, no caso na Primavera e no Verão. Deveria colher as batatas em Julho mas como expliquei ela não teve um bom desenvolvimento, nesse caso esperarei mais um pouco, contarei a partir do dia que percebi a nova rama crescendo que foi em setembro, então colherei a minha batata-doce em Janeiro.

Aipim ou Mandioca: Aqui em casa minha avó já cultivava o aipim vira e mexe ela chamava alguém para arrancá-los, de uns tempo para cá eu mesma passei a arrancá-los e também a plantar. Em breve faço um post com mais detalhes sobre o Aipim.

Coentro: Esse ano teve uma oficina sobre horta caseira no meu trabalho, lá eu aprendi alguma coisas muito legais sobre o plantio e os cuidados com a horta, na oficina também ganhei algumas sementes de coentro que estão crescendo de vento e poupa rsrrsrs.

Abacaxi: Aqui em casa tinha um pé de abacaxi plantado há anos e o bichinho nunca que dava abacaxi, mas nesse ano ele resolveu dar o ar da sua graça e vamos ter abacaxi plantado em casa sim senhor! E ainda falando da técnica hidropônica eu também plantei o meu pezinho de abacaxi, primeiro o coloquei em copo com água para criar raízes depois o plantei na terra.

Fase inicial do abacaxi.
Melancia: Sim isso mesmo M-E-L-A-N-C-I-A! Tenho algumas mudas de melancia aqui em casa, não estou dando muita fé para elas não, acredito que o clima da região não seja favorável para o cultivo, porém estou deixando a planta crescer vou cuidando dela como cuido das demais, quem sabe né?

Bem é isso pessoal,  prometo que falarei com mais detalhes sobre o cultivo, pragas, mudas e plantio nas próximas postagens.


5 de dez de 2016

Como plantar suculentas.

Hello people!

Quem me acompanha aqui no blog já deve ter percebido algumas fotos com as minhas suculentas, a princípio iria cultivá-las para dar de lembrancinha para os meus convidados no casamento, mas como o casório não foi adiante não atingi esse objetivo, porém fiz DIY aqui no blog, como sugestão de lembrancinha. Clique Aqui.

Se quiser saber mais sobre o meu projeto suculenta: Projeto Suculentas.

Pois bem, vou falar então em como foi o processo para cultivar as minhas suculentas. Eu possuo dois tipos de suculentas que são a Graptosedum Vera Higgins e a Mãe de Milhões, que nomes lindos!

A Vera Higgins eu comprei na Cadeg em São Cristovão aqui no Rio de Janeiro, ela foi bem baratinha.
Comprei uma planta já adulta e retirei as suas folhas maiores, coloquei essas folhas em solo úmido e bem adubado, aí esperei as mudinhas brotarem.



Mantive o solo úmido e não encharquei, também não joguei água diretamente na suculenta, mas sim na raiz, se você não tiver muita habilidade, use um conta gostas para umedecer a área onde a suculenta começou a criar raiz, mas a vezes a gente erra porque as mudinha são tão pequeninas rsrsrs.

Aos poucos a folha que usei para fazer a muda murchou e secou dando lugar a nova planta, aí a suculenta passou a alimentar-se apenas dos nutrientes do solo. A única adubação que usei na suculenta foi esterco de cavalo. Não pergunte onde arrumei! kkkkk.

Suculenta Colorida.


A cor da suculenta varia conforme a temperatura em que ela é exposta, quando deixo a minha suculenta na sombra ela fica mais verde e mais longa, quando a coloco no sol ela começa a ficar vermelha e fica meio "repolhudinha" rsrsrsrs.


A Mãe de Milhões é uma sem vergonha que se eu não tomar cuidado se espalha em todo o quintal, recentemente vi dela na minha rua, fico me perguntando se a danada não deu uma saidinha sem a minha autorização.
Ela é bem simples de pegar, basta você manter regas constantes que bicha cresce e depois começa a dar os seus filhotes na borda da folha e esses filhotes se alastram no solo rsrsrsrs



Ela também sofre alteração na sua cor, se ficar exposta no sol, ela vai criar uma borda vermelha nas folhas, muito lindinha, e quando bem adulta ela dá flor rsrsrrs.



Então essas são a minhas dicas. E você já tem uma suculenta? Tem vontade de ter?



Até o próximo post...

19 de nov de 2016

Meu passeio ao Forte de Duque de Caxias - Leme.

Hello people!

Quem me acompanha no Instagram @elapensatambem, sabe que tenho dados uns passeios pelo Leme/RJ, hoje vim compartilhar com vocês uma visita que fiz ao Forte de Duque de Caxias. Let's go!



O Forte de Duque de Caxias fica localizado no Morro do Leme, bem no início da praia é uma área ambiental protegida pelo Exército Brasileiro lá funciona também o Centro de Estudos de Pessoal do Exército. É cobrada uma taxa de visitação de R$4,00.

" O passeio ao Forte Duque de Caxias inicia-se pela caminhada ecológica. É uma subida de 800 metros numa estrada de paralelipípedo arborizada pela Mata Atlântica, em meio a Área de Proteção Ambiental do Leme."  Fonte: CEP/FDC



É isso mesmo pessoal para se chegar ao forte é necessário realizar uma pequena caminhada, mas não desanime porque você poderá desfrutar de lindas paisagens.



E é claro não podemos esquecer de um velho conhecido da gente o Mico Estrela, esse que já roubou o meu lanche em uma das minhas idas a trilha do Morro do Pão de Açúcar, em outro momento eu conto melhor esse episódio.



Se durante o caminho você ficar surpreso com a paisagem, imagina quando você estiver no topo do morro? Lá em cima é muito lindo,  é possível alguns pontos turísticos do Rio de Janeiro. Como o dia estava nublado fica um pouco difícil visualizar o Pão de Açúcar.




Em fim chegamos ao Forte.



O Forte possui no seu interior uma exposição sobre a vida de Duque de Caxias, patrono do Exército e uma galeria com exibição de pinturas e artefatos de guerra.



Na galeria é possível conhecer um pouco mais da história do nosso Brasil e também da cidade do Rio de Janeiro.


 Há também um espaço onde são exibidas várias pinturas dos animais nativos ali da região, a área onde o forte se encontra é toda protegida e preservada pelo exército.



Na parte externa são exibidos alguns artefatos de guerra.



O passeio todo é bem tranquilo e seguro, a caminhada é super fácil.

Espero que tenham gostado da dica. Até o próximo post.

Luneta usada para vigiar a Baia de Guanabara


Local: Praia do Leme
Como cheguei: Peguei um ônibus na central para Copacabana que passa no Leme.

Fonte de pesquisa: Centro de Estudos de Pessoal e Forte Duque de Caxias.

9 de nov de 2016

Sou contra a Mulher Maravilha!

Hello people,

Esses dias estava cá com os meus botões pensando na vida e comecei a refletir sobre essa questão de “mulheres fortes ou “mulheres bem resolvidas” em fim... lembrei daquela frase " Mulher faz tudo que um homem faz e ainda de salto auto"



Me fiz vários questionamentos a respeito e o principal deles é: Por quê as mulheres ultimamente tem se esforçado tanto para serem consideradas "fortes", "poderosas" ou “divas”?
Sei que esse tema é muito complicado e que talvez algumas pessoas não consigam entender, mas vou falar naquilo que acredito.

Sei que essa extrema necessidade de nos mostrarmos como mulheres fortes vem dos inúmeros abusos que sofremos durante séculos e sei também que esses abusos tem sido praticados tanto por homens quanto por mulheres, mas o meu questionamento é: Qual de nós é verdadeiramente forte?
Em um dos meus acessos na internet me deparei com inúmeros conteúdos que tinha como finalidade ajudar as mulheres a serem bem resolvidas, me pergunto, qual ser humano é bem resolvido?

Analisando todos esses movimentos que dizem ser em prol da mulher, percebi que muitas mulheres estão correndo atrás daquilo que é I-M-P-O-S-S-Í-V-EL! Seres humanos não são super-heróis, todo ser humano na face desse planeta possui fragilidades, independente de ser homem ou mulher, vou mais além, não existe ser, sistema ou população que não possua pontos fracos.
É impossível ser mãe exemplar, filha exemplar, esposa exemplar, profissional exemplar isso tudo em uma mesma pessoa, e quem pensa que é uma pessoa assim tenha certeza, não é mesmo! Muitos dos problemas que nós mulheres enfrentamos não tem nada haver com o machismo, mas sim com a imperfeição humana, não é uma questão de ser A Mulher Maravilha, mas sim de sermos seres humanos melhores.

Algumas mulheres confundem empoderamento feminino com orgulho, soberba e altivez! Podemos ser frágeis? Sim! Me diz que homem nesse mundo não possui alguma fragilidade? Quem consegue ser excelente em tudo o que faz? Quem é 100%  forte? Quem nesse mundo é 100% resolvido sexualmente?
Como diz a frase de uma música que gosto muito: " O que o mundo precisa é de Amor, pois eu sei que a resposta é o Amor". Somos dependentes uns dos outros, somos seres criados para vivermos de forma relacional, logo, por natureza dependemos uns dos outros. A nossa força não está na nossa segregação, mas sim na nossa união.

Mulheres dependem de homens e homens dependem das mulheres, a reprodução da nossa própria espécie depende disso, não há como contestar!

Dito isto, eu declaro enfaticamente que sou contra A Mulher Maravilha, não sou e nem quero ser uma super mulher, quero sim ser, um ser humano saudável, que possui uma vida social saudável.
Quero viver e compartilhar O Amor, porque isso sim é o que me faz forte!

22 de out de 2016

Meu passeio a Tinguá - Nova Iguaçu

Hello people! Prontos para mais uma dica de passeio? Let's go!

Hoje a dica é sobre um lugar que gosto muito e desde de pequena costumo ir a esse lugar, Tinguá é um bairro da cidade de Nova Iguaçu, isso mesmo pessoal sou iguaçuana, além de ser um bairro com tantas belezas naturais também é um bairro histórico.



O local mais conhecido de Tinguá é as ruínas da Fazenda São Bernadino, essa fazenda era usada como habitação de escravos que trabalhavam no engenho de cana e mandioca por de 1875.

Infelizmente esse patrimônio não tem sido conservado de maneira apropriada, porém a mesma tem sido cenário de ensaios fotográficos e recebe visitas do moradores locais e da região. Eu mesma já fui lá tirar algumas fotos.


O bairro de Tinguá também é famoso por suas cachoeiras, fazendas e sítios. Tem sido uma ótima opção para se refrescar nesse verão. Eu particularmente gosto da cachoeira Poço das Cobras, que é a última entrada permita para cachoeira, embora a cachoeira tenha esse nome o lugar é bem tranquilo rsrsrs Ah eu aconselho a visitar a cachoeira em dias de semanas e fora da época de férias escolares, o lugar é super frequentado, eu prefiro evitar os dias cheios.



A entrada para a cachoeira é gratuita!



As outras opções de lazer são os sítios e fazendas da região com piscinas naturais, camping, alojamentos e outros atrativos.



Não podia deixar de falar da tradicional Festa do Aipim, eu ainda não tive a oportunidade de ir, mas a galera que vai tem falado muito bem de algumas edições.



Não posso deixa de mencionar que Tinguá tem sido um dos lugares preferidos para a prática de ciclismo e motocross. Segue a paisagem maravilhosa da Serra de Tinguá localizada na Reserva Biológica de Tinguá, tenho parte dessa vista da janela da minha casa rsrsrs.


Nesse dia da foto estava de moto com o meu irmão.



Até o próximo post.



Como chegar: Ônibus Nova Iguaçu X Tinguá, todos os ônibus de Nova Iguaçu que possuem esse itinerário, o ponto final é na praça/centro de Tinguá.




18 de out de 2016

Você sabe o que é Cruelty Free?

Hello people! Olha eu aqui mais uma vez. rsrsrrs

Fonte figura; http://cacheia.com/2015/02/precisamos-falar-sobre-direitos-animais-o-que-sao-produtos-cruelty-free/
Hoje vim falar com vocês sobre "Cruelty Free", que na tradução literal das palavras significa " livre de crueldade", esse termo é usado pelas as indústrias de uma forma geral para informar que o seus produtos estão livre de realizações de testes do produto em animais.


Na opinião é desnecessário o que algumas indústrias fazem com os animais para testarem o seus produtos, porém por outro lado existe a questão do avanço da ciência e que boa parte do avanço, por exemplo da medicina, se teve devido a testes realizados em animais. Pessoal essa discussão é muito complexa e espero que nunca tenha um fim... sou do tipo que acredita que determinadas discussões devem permanecer constantes para que assim haja uma evolução...

Como saber se um produto é Cruelty Free?

 

É bem simples, basta verificar na embalagem se o produto em questão possui a informação ou um selo Cruelty Free. As empresas que não utilizam animais para testarem os seus produtos informam isso no rótulo, até porque isso é um diferencial para o produto e cada vez mais surgem pessoas adeptas ao uso desses produtos.

Pensando nisso resolvi fazer uma mudança bem simples, decidi criar uma lista dos principais produtos que utilizo, e quando falo de produtos me refiro a todos e todas as áreas, cozinha, limpeza, vestuário, cosméticos e outros, depois da lista pronta verificarei qual a política ambiental e social de cada produto/marca.

Sei que esse será um processo bem longo e que talvez algumas coisas fiquem inviáveis para mim por motivos financeiros, por falta de opção no mercado ou até mesmo por falta de tempo, porém creio que qualquer resultado que eu possa conseguir nesse sentido será bom!

Então é isso pessoal, nem preciso dizer que estarei compartilhando aqui com vocês toda a minha experiência nesse processo rsrsrsrs.

Segue o link de uma organização envolvida com causa: PEA
A Lookaholic já fez guia bem legal sobre isso: Guia de compras: cosméticos e produtos de higiene pessoal não testados em animais e vendidos em supermercados, farmácias e perfumarias, clique aqui.

Até o próximo post, bjos!  

6 de out de 2016

Pique bandeirinha como jogar?

Hello people,



O Dia das Crianças, 12 de Outubro está chegando e resolvi fazer um post de uma das minhas brincadeiras favoritas da minha época de criança e que ainda gosto! As vezes eu consigo desfrutar de algumas brincadeiras, porém no dia seguinte fico toda doída, mas está valendo, então let's go people!!

Pique  Bandeirinha.


Eu amo essa brincadeira, gosto de tudo que seja dinâmico, minha mãe não tinha problemas para me colocar para dormir, porque eu vivia brincando na rua e chegava cansada em casa , era só tomar banho, comer e dormir!

Dica para os pais: Exercite o seu filho durante o dia para ele gastar energia. rsrsrs

Como funciona a brincadeira.


Faça uma linha no chão dividindo em dois campos, no final de cada campo deve - se desenhar um circulo colocando a bandeirinha dentro, ou um galho de uma árvore rsrsrsrs, quem não tem cão...

- São definidos dois times com o número de participantes iguais, cada time deve proteger a sua bandeirinha bem como avançar para o time adversário para roubar a bandeirinha.

- Se você estiver no campo adversário e alguém encostar em você, você deve ficar parado até que alguém do seu time te resgate.

- Vence o time que conseguir roubar a bandeirinha do outro e voltar para o seu campo sem ser colado.

Nas vezes que participei dessa brincadeira sempre tinha um dilema, caso a pessoa fosse colada e estivesse em posse da bandeirinha, o que fazer? Nesse caso há duas soluções, a bandeirinha volta para o circulo ou a pessoa colada fica em posse da bandeirinha até ela ser resgatada por alguém do seu time.
*****

Sempre gostei das brincadeiras ao ar livre, essa brincadeira é saudável e ajuda muito no desenvolvimento da criançada, além de proporcionar o exercício físico também proporciona o contato com outras crianças e desenvolve uma inteligência social.

Pense comigo, há a necessidade de roubar a bandeirinha do outro grupo, mas há também há a necessidade de proteger a própria bandeirinha e existem várias situações em que a criança terá de tomar uma decisão como por exemplo;
Caso um coleguinha dela seja pego no outro grupo o que ela deve fazer? No decorrer da brincadeira a criançada percebe que só é possível ganhar se todos no seu time trabalharem em equipe caso contrário, sempre irá perder.

E você gostava de brincadeiras assim? Qual era a sua preferida? 

Até o próximo post!


2 de out de 2016

A minha identidade.

Hello people!

Confesso que abordar esse tema aqui no blog será um pouco difícil, devido a complexidade do assunto, mas eu aceitei o desafio então... Let's go people!



Quando comecei o blog, isso nos meados de 2011, queria ter um " mural particular" para expor as minhas ideias e compartilhar as minhas experiências, desde do início o endereço do blog é elapensatambem.blogspot.com, porém eu usava o título " Menina Inteligente". Com o passar do tempo eu comecei a achar esse título muito infantil, e assumi a marca Ela Pensa Também. O intuito do blog sempre foi trazer novidades e trazer também a reflexão sobre os mais variados assuntos e abordar tudo isso de acordo com aquilo que vivo no dia a dia, tudo o que falo aqui é de experiência própria.

 Não vou dizer que sou a pessoa mais "madura" na face da terra, ou que sou o "ser intelectual", não mesmo, mas muita coisa tem se agregado na minha vida quando eu comecei a vestir essa camisa, pensar, refletir sobre as minhas decisões, refletir sobre o que eu uso, refletir sobre os lugares que frequento, refletir sobre as pessoas que estão ao meu redor.

Esse modo de ver as coisas tem influenciado muito nas minhas refeições, em como trato o meu corpo, naquilo que visto, como eu me relaciono com as pessoas e sobre qual é o meu legado nesta vida.

Ninguém viverá nessa vida para sempre, mas podemos deixar nossas marcas para gerações futuras. Quantos pensadores, artistas, professores, pessoas comuns já passaram por essa vida e nos deixaram grandes ensinamentos, posso citar vários...

Essa tem sido a minha marca, busca viver em harmonia comigo mesmo, viver em harmonia com os seres existentes a minha volta e viver em harmonia com o lugar que estou.

Espero fazer você meu querido leitor, refletir sobre esses assuntos também e inspirá-lo a realizar mudanças, não por uma questão de estética ou porque alguém disse para fazer assim, mas sim por um entendimento de que isso é bom.

Até o próximo post!

27 de set de 2016

Dicas de Noiva: A saga do vestido - A venda!

Hello people!

É isso aí pessoal o meu vestido está a venda! Infelizmente tive que cancelar o meu casamento, é um momento difícil e complicado, sim, mas a vida segue o seu rumo...
Queria poder falar com vocês sobre várias dicas a respeito da escolha, uso e venda de um vestido de noiva, não poderei falar muito sobre o uso, lógico, mas falarei nesse post sobre a venda dele!
Let's go people!

Para vender algo é necessário saber onde vender, para quem vender e como divulgar!

1) Onde? -  Eu escolhi a plataforma Enjoei para vender o meu produto, por diversos motivos, por ter uma ótima visibilidade no mercado, por já possuir regras para a venda e entrega do produto e por ser um plataforma de confiança. Depois da venda falo para vocês como o processo mais detalhadamente..

2) Para quem? -  Ah essa resposta é bem simples, para noivas, mas não para qualquer noiva, tenho plena consciência de que o meu vestido não faz o gosto da maioria das pessoas, então o meu público de venda será mais seleto, porém sei que posso me surpreender com a pessoa que irá comprar o vestido.

3) Como divulgar? - Primeiro já informo que estou divulgando rsrsrs, o blog já é uma plataforma de divulgação para mim. As redes sociais também serão usadas nesse processo, principalmente as comunidades de noivas românticas, vintage e alternativas.

Antes de começar esse processo de venda é bom pesquisar referências, ver como outras pessoas fizeram, conhecer a experiência do outro é um boa dica, assim você terá uma compreensão das facilidades e dificuldades do processo e saber também o que dá certo e o que não dá certo.

Então se você está interessado em conhecer ou comprar o meu vestido segue o link no Enjoei:
Vestido de Noiva Ateliê Maria Figueira


24 de set de 2016

Segunda sem carne.

Hello people! Como vocês estão?

Fonte: http://atelienatureza.com.br/2016/08/07/segunda-sem-carne/

Hoje vim compartilhar com vocês uma ideia super legal que é a campanha da Segunda sem Carne, essa campanha é mundialmente conhecida e tem por objetivo conscientizar a população sobre a importância de realizar um consumo adequado dos produtos de origem animal.

Porque diminuir o consumo de carne?


No meu post Estilo de Vida Saudável. Como mudar?, eu falei um pouco sobre isso, não acredito que precisemos parar de consumir carne mas acredito que fazemos isso de forma inadequada e que esse desequilíbrio nos traz problemas sociais, ambientais e afeta também a nossa saúde no dia a dia como também a nossa herança genética, uma vez que várias doenças estão relacionadas com esse consumo inadequado.

A minha intenção nesse post é promover o bem estar, não pretendo virar vegana, vegetariana ou qualquer coisa do tipo, apenas busco uma alimentação mais adequada e consciente. Acredito que o ser humano deva sim consumir carne, porque se o consumo de carne não fosse algo necessário, então não haveria na natureza a classe de predadores, certo? Porém os predadores consomem aquilo que é necessário para a sua sobrevivência e a natureza vive em perfeito equilíbrio.

Dia 26 de setembro irei começar a minha campanha pessoal e estarei postando no Instagram (@elapensatambem) o que estarei consumindo durante o dia, então me acompanhe lá e se liga na hashtag da campanha #segundasemcarne.

Se você quiser saber mais sobre a campanha, clique aqui: Segunda sem carne, lá tem receitinhas deliciosas e também há vários informativos sobre instituições, famosos e empresas parceiras desse projeto, aqui no Brasil a campanha é coordenada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

E aí aceita o desafio? 

22 de set de 2016

Leve a vida


Leve a vida com um sorriso, leve a vida com uma flor.

Leve a vida se doer, leve a vida como puder.

Leve a vida e um sonho, leve a vida e um canto.

Leve a vida sem esperar, leve a vida sem chorar.

Leve a vida e uma canção, leve a vida com o coração.

Leve a vida de horror, leve a vida de amor.

Leve a vida simplesmente, leve a vida calmamente.

Leve a vida leve, leve a vida breve.

17 de set de 2016

Cabelo Natural: Como estou progredindo - Parte II.

Hello people!

Hoje compartilho com vocês os produtos naturais que tenho usado no meu cabelo.



O meu cronograma capilar mudou e muito, melhor dizendo o que eu fazia antes nem merece ser descrito como cronograma rsrsrs.

Hoje faço duas hidratações por semana, uma na quarta e outra no fim de semana. Na quarta-feira faço hidratação simples, no sábado faço a hidratação mais nutrição ou reconstrução dependo da necessidade do meu cabelo. Vou relacionar aqui para vocês alguns itens que sempre estão presentes no tratamento das minhas madeixas.

Óleos vegetais: Eu atualmente uso quatro tipos de óleos vegetais o óleo de amêndoa doce, óleo de coco, óleo de rícino e também o azeite de oliva extra virgem. O azeite e o óleo de amêndoas sempre os uso misturados na minha máscara de tratamento, já o óleo de coco o utilizo para fazer a umectação, eles fazem parte da etapa nutrição. O óleo de rícino uso especificamente para massagear meu couro cabeludo, principalmente na áreas onde mais tenho queda de cabelo e está dando super certo. 

Babosa: Eu com certeza sou privilegiada por que possuo essa plantinha maravilhosa no meu quintal, uhu! Essa planta maravilhosa possui propriedades hidratantes e também ajuda a fortalecer o fios, faço hidratação com ela de 20 em 20 dias. Saiba mais

Vinagre de maçã: É isso mesmo que você leu, vinagre, porém de maçã. Sabe quando seu cabelo esta poroso, seco e meio elástico, acredite uma hidratação com vinagre de maçã resolve. O vinagre possui vários benefícios para os cabelos, ele fecha as cutículas do cabelo, devido ao seu ph baixo, e também possui propriedades anti-inflamatórias e antifúngicas. Saiba mais

Mel: Além consumi-lo com frutas e em colheradas rsrsrs, também o uso nas minhas madeixas quando estou fazendo reconstrução junto com a maionese. Gosto de usá-lo também na minha mistura para aplicação de henna, uso o mel com a henna para puxar os tom acobreado.

Maionese: Também a uso na minha mascara reconstrutora e uso junto com o mel e a clara de ovo. A gordura da maionese é super hidratante. Algo bem legal que percebi é que textura da maionese ajuda muito na definição dos meus cachinhos, super indico.

Clara de Ovo: Usei uma única vez, pois estava sentindo meu cabelo muito fraco, a clara de ovo ajuda na reposição de proteínas aos fios de cabelos e o resultado foi excelente, aconselho a usar sempre que você sentir o seu cabelo fino demais e sem força.

15 de set de 2016

Fotografia para Cosplay.

Hello people!!

Quem nunca teve um personagem de desenho preferido? Quem, quem, quem? Vai me dizer que você nunca quis usar aquele cabelo colorido ou aquele vestido lindo de princesa? A confessa vai, diz que sim!


Hoje compartilho com vocês o fantástico mundo do Cosplay pelas lentes maravilhosa de Pâmela Photo Produções. Eu conheço o trabalho da Pâmela de longa data, festa de casamento, Making Off, 15 anos, Aniversário, Gestantes em fim com uma boa fotógrafa ela cobre qualquer tipo de evento.
Pois bem, nossa querida fotógrafa sempre gostou de artes e visitava os eventos de Cosplay aqui pelo Rio de Janeiro e decidiu transformar esse hobby em algo mais profissional e compartilhar os seus olhares com a gente. Ah fala sério poder trabalhar com uma coisa que gosta é muito bom, não é não?



Se vocês assim como eu amou o trabalho da Pâmela direcionado para esse mundo do Cosplay, pode segui-la nesse blog Pamela Photo Cosplay.

Se você quer conhecer mais um pouco do trabalho dela esta é a Fanpage dela.

Ah então, essa linda também fotografou um ensaio que realizei no início desse ano, tenho postado algumas fotos no Instagram então  me sigam lá: @elapensatambem.

Bjos, até o próximo post!

3 de set de 2016

Estilo de Vida Saudável. Como mudar?

Hello people,



Eu sempre estou falando por aqui sobre mudança de hábitos e a busca de um estilo de vida mais saudável, desde que minha avó teve câncer eu venho mudando gradativamente as minhas escolhas rotineiras. A primeira mudança que falei por aqui foi sobre assumir o meu cabelo natural, deixar de usar químicas agressivas nele.

Primeiro quero informar que não posso abolir a química da minha vida, até porque a química também é um processo natural, mas vou tentar ao máximo diminuir o consumo de coisas sintéticas, artificiais e industrializadas, eu creio que não devo ser extremista nessa questão, penso que a questão toda não é a existência ou não desses produtos e sim o nosso comportamento inadequado enquanto consumidores.

Como ter o Estilo de Vida mais Saudável?

O primeiro passo que devemos tomar é o questionamento. Precisamos avaliar tudo o que fazemos como fazemos e por que fazemos, e precisamos nos questionar a cerca de tudo mesmo, desde a prática de exercícios até o tipo de papel higiênico usado, tudo mesmo! Sei que na sua mente virá uma enxurrada de informações e que isso pode lhe deixar confuso, mas pretendo aqui deixa essas informações mais claras e fáceis.

Após esse brain storm, comece a pensar naquilo que é fácil e viável mudar. Vou listar aqui algumas coisas que foram fáceis para eu mudar:

1- Dar preferência a outras bebidas ao invés do refrigerante e as bebidas industrializadas. Passei então a beber mais sucos naturais, café, chá, água e leite.
Isso quer dizer que não bebo mais refrigerante? Claro que não, eu bebo sim, porém só em eventos tipo: festas, almoço na casa de um amigo, confraternizações entre outras coisas.
Até por que não podemos ser mal educados na casa das pessoas, certo?

2- Buscar ter mais contato com a natureza: Isso faz muita diferença, gosto de mexer com a terra, ouvir o canto dos pássaros e respirar ar puro. Isso é muito bom!

Sei que para quem vive em lugares urbanos isso seja complicado, mas lembre-se a proposta aqui é começar a mudança aos poucos, é fazer aquilo que nesse primeiro momento está alcance das mãos. A questão não é morar em um lugar que tenha mais contato com a natureza e sim buscar um tempo para ir aos locais em que se tenha esse contato, o simples fato de você visitar um local mais arborizado ou começar a ter uma plantinha, já ajuda.
3- Fazer exercícios: Eu busquei várias formas de praticar exercícios e acredite ir a academia não foi a minha primeira escolha. Comecei a fazer trilhas, ir a lugares próprios para caminhar e correr e por fim eu descobri a Zumba, aí sim frequentei uma academia, mas não para musculação, redução de peso e etc...

4- A alimentação: Você não precisa virar um vegetariano ou vegano, mas saiba que frutas, verduras, legumes e sementes nos trazem muitos benefícios. Aumentar o consumo desses alimentos com certeza melhorará a sua saúde, e lógico, a tendência é diminuir os produtos industrializados cheios de corantes e outros componentes nocivos.

 5 - Comece a fazer a sua horta: Se possível, comece a ter os seus próprios temperos. Isso irá te ajudar a ter contato com a natureza e também dará mais sabor a sua comida e é muito terapêutico rsrsrsrs.

Espero que vocês tenham gostado do post.

Até a próxima.

Poderá gosta também:
O importante é passear!

29 de ago de 2016

Os Benefícios do Sabonete Vegetal.

Hello people,

Hoje vim falar com vocês sobre um hábito que adotei há algum tempo, posso dizer que desde Dezembro de 2015, atualmente eu uso o sabonete puro vegetal, já havia falado aqui sobre a minha decisão de diminuir o uso de produtos químicos na minha rotina e dessa vez quero conversar com vocês sobre os benefícios do sabonete puro vegetal.

 
Vamos aos benefícios:

1) - Seus nutrientes possuem melhor absorção para pele.

2) - Não retiram a hidratação natural do corpo.

3) - São perfumados por óleos essenciais e não por fragrâncias que são as grandes causadoras de alergias.

4) Não agridem tanto o meio ambiente.

5) Conservados de maneira correta, eles possuem mais durabilidade do que os sabonetes sintéticos.

 Eu atualmente uso os sabonetes vegetais da Orgânica, já usei dois tipos dessa marca:

Abacate e Oliva: Esse sabonete é muito hidratante, ideal para quem possui pele seca, eu gostei muito, minha pele se deu super bem com ele, ficou macia e hidratada, meu hidratante até durou mais sabia rsrsrs.
Já usei diversos tipos de sabonetes: de argila, glicerina, Protex, Natura, Boticário, com pétalas de rosas. Tudo o que vocês possam imaginar, mas nenhum deles apresentou um resultado tão bom quanto  sabonete vegetal, em especial o de Abacate e Oliva, esse foi feito para mim.

Lavanda e Vanilla; Esse sabonete é super cheiroso e também tem a aquela pegada de que limpa profundamente, toda vez que o uso tenho a sensação de pele limpa e fresca, porém ele não é ideal para mim, pois não é indicado para o meu tipo de pele.


 Muitas pessoas acham que o sabonete vegetal é mais caro, pois digo claramente que não. Se você tem um produto que hidrata e cuida melhor da sua pele significa dizer que você não precisará de outros cosméticos para essa mesma função ou pelo menos esses cosméticos durarão mais.

Os sabonetes da Orgânica possuem um preço bem acessível, você pode comprar pelo site da empresa e também pode encontrar nas farmácias em geral. Eu comprei o meu nas Lojas Americanas.

Fontes: 
http://www.enxaqueca.com.br/blog/melhor-sabonete/
https://www.fefapimenta.com.br/por-que-usar-sabonetes-naturais/

26 de ago de 2016

Meu passeio à Vista Chinesa

Hello people,

Hoje vim aqui dar mais uma super dica de passeio e sim, é sobre mais um ponto turístico do Rio de Janeiro.
A Vista Chinesa é um mirante localizado no Alto da Boa Vista dentro da famosa Floresta da Tijuca, esse mirante possui esse nome devido aos agricultores chineses que viveram e que plantavam chá nessa região na época de Dom João VI. Em 1903 o prefeito da época, Pereira Passos, ergueu esse monumento, imitando assim as famosas construções chinesas.



Eu já fui à Vista Chinesa de duas formas, a primeira foi pelo Bairro Jardim Botânico e também pelo Alto da Boa Vista, nesse só dá para chegar de carro. Hoje vou contar para vocês como chegar na Vista Chinesa pelo Horto, indo a pé.

Vista Chinesa a pé:

É bem simples, basta pegar o ônibus 409 da linha Saens Pena e saltar no seu ponto final, eu o peguei próximo a estação de Metro de Botafogo, daí você continua a estrada até chegar a uma placa de boas vindas do Parque Nacional da Tijuca.



Depois disso basta subir a estrada e ir apreciando o exercício físico e a paisagem. O primeiro ponto que paramos para descansar foi em uma cachoeira, em volta dela tem um parque com balanços e gangorra.



Depois disso continuamos subindo a estrada, chegando perto da Vista Chinesa encontramos um local com vários banquinhos de concreto, na pare, pois o mirante já está bem perto, eu parei e me arrependi, pois perdi tempo.


Lá de cima dá para ver vários pontos turísticos do Rio de Janeiro, como o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar.



Além do mirante existe também um outro local para visitação que é a Mesa do Imperador, este foi criado como um ponto de repouso para os passeios da Família Imperial.

Para sair da Vista Chinesa basta fazer o mesmo caminho, só que voltando, nós voltamos a noite. Foi uma maravilha, pois presenciei as luzes da cidade se ascendendo.



Para a galera que assim como eu curte uma trilha, saiba que existem trilhas por dentro da floresta, no caso a famosinha Trilha das Cachoeiras do Horto, o trajeto que fiz com o meus amigos foi seguir a estrada mesmo, subindo até a Vista Chinesa.

Lógico que pretendo voltar e conhecer as trilhas no Horto.

Até o próximo post.

Vista Chinesa onde fica?

Como chegar: Estrada Dona Castorina , final do ônibus 409 - Linha Saens Pena X Horto.