62894388 @elapensatambem: 2017

recent posts

23 de jun de 2017

1 Ano 12 Cores: Por que usamos preto no frio?

Hello people!

Estamos em Junho época daquele friozinho gostoso, época em que tiramos o cachecol, a touca, a luva e aquele sobretudo de arrasar do armário.
Roupas Pretas
Fonte: Pâmela Photos Produções

 É comum dessa estação o uso de cores mais escuras, e é claro a cor predominante é a cor Preta, mas por qual motivo usamos tanta roupa preta no frio? Essa foi a pergunta que eu fiz para o Google, quer saber a resposta? Let's Go! 

Todos nós sabemos que a cor Preta é a ausência de luz e por isso ela não reflete nenhuma cor, e também sabemos que a cor preta absorve todas as cores, então essa luz/energia que é absorvida é dissipada em forma de calor, e assim ficamos mais quentinhos usando roupas escuras.

Nessa minha pesquisa na internet descobri também algumas curiosidades sobre a roupa preta.
Vocês sabiam que secar a roupa preta na sombra ajuda a conservar a cor? E que lavar a roupa preta com água fria também conserva a cor?




É interessante a relação que as cores possuem com a luz e o calor, deve ser por isso que a minha avó sempre falava para eu "quarar" as minhas​ roupas brancas no sol para elas ficarem mais claras rsrsrs, e sempre dava certo.
A partir de hoje nada de sol e água quente nas minhas roupinhas pretas.

Espero que tenham gostado do post de hoje.




*** 1 Ano 12 Cores ***
Quer saber tudo sobre o nosso projeto siga a nossa hashtag #1ano12cores no Instagram.
Conheça os blogs participantes:

1 de jun de 2017

Tire o seu coração da gaveta.

Lembro que quando A Casa das Sete Mulheres foi exibida na TV eu não perdia nenhum capítulo, gostava de tudo, figurino, história, personagens e os Pampas do Rio Grande. Tudo me encantava, hoje depois de passar por algumas experiências de vida, percebi o quão triste e infeliz pode ser o nosso destino se cometermos o mesmos erros que Manuela cometeu.
Fonte: Youtube.
 Creio que todas nós nos encantamos com o romance de Giuseppe e Manuela, mas ao meu ver Manuela teve um destino muito triste por insistir em viver em um romance que não era apenas proibido como também impossível.
O Giuseppe apresentado na mini série era um homem muito bonito e muito envolvente e não podemos esquecer que ele era experiente com as mulheres, poderia ter quantas ele quisesse e quando ele quisesse, mas ele queria Manuela.
Manuela era uma mulher nada experiente em relacionamentos, nada sabia sobre os homens ou "arte do amor" e como todas as mulheres estava enamorada por Giuseppe.
Lógico que todas nós ficamos contra os pais de Manuela afinal eles estavam proibindo que a mesma vivesse com o seu grande amor, porém hoje posso dizer que os mais sensatos dessa história toda eram os pais de Manuela.
Vamos entender um pouco sobre o estilo de vida de Giuseppe. Ele era um conquistador, acostumado com a luta, não tinha casa ou família ou a quem se agarrar, atravessava continentes pela sua causa e vivia travando guerras, quando o mesmo se viu diante de Manuela o mesmo não abandonou nada disso, continuou o seu propósito. Ela foi criada como uma "moça de família", educada e instruída para um bom casamento com um homem de posses que poderia mantê-la no mesmo padrão em que os seus pais a sustentaram durante anos, ela era frágil, delicada, era inteligente e generosa e sim era forte, mas não possuía as habilidades necessárias para acompanhar Giuseppe.

Sim ela foi atrás dele, ela enfrentou as dificuldades da guerra, mas não creio que seja totalmente por causa dele, creio que o confinamento na casa a estava sufocando -a como todas as outras, a espera de que um dia a guerra a acabasse era agonizante e a vida praticamente ficava parada enquanto a guerra acontecia. Giuseppe ao meu ver foi um motivo no qual Manuela se agarrou para sair daquela casa e ter a possibilidade de viver algo novo. Ao se colocar nas situações em que Manuela se colocou a mesma adquiriu força, ela cresceu como ser humano, enfrentou coisas bem complicadas e até tentou um novo amor, mas ela ainda não tinha abandonado o "sonho romântico" chamado Giuseppe.
Ele por sua vez a abandonou, encontrou um mulher perfeita para o seu modo de vida e quando tudo acabou, construiu a sua casa e a sua família. Ele não voltou para Manuela.
Não era o pais de Manuela, não era a guerra e não era o modo de vida de cada um, esses não eram os empecilhos  para Giuseppe e Manuela, o amor dela era forte, para sofrer e para esperar, mas o dele não.

Porque estou hoje fazendo uma espécie de resenha desse romance? É bem simples, se Manuela entendesse que Giuseppe nunca esteve realmente disposto a mudar nada na sua vida por causa dela, ela não teria um destino tão triste. Eu sei que existe muitas Manuelas por aí, fazendo de um tudo para viver a sua história de amor com o seu Giuseppe, mas para que um relacionamento possa existir é necessário que os dois queiram de igual forma.

Não coloque o seu coração dentro de uma gaveta esperando por uma pessoa que nada fez para estar junto de você.

Até o próximo post.

30 de mai de 2017

Minha Horta: Como estou progredindo - Maio.

Hello people!

Eu sei, eu sei Maio já está terminando e eu não compartilhei nada com vocês sobre a minha horta, mas eu estou aqui para pagar a minha dívida. Let's go!
Eu listei para vocês alguns vegetais que podem ser plantados no mês de Abril, e foram esses: Beterraba, Cenoura, Abobrinha, Pepino, Cebola, Cebolinha, Abóbora, Milho e Tomates. Esses são os vegetais que achei mais interessantes para se ter na minha horta, então estudei cada um deles e fiz as minhas escolhas.
A minha escolha foi baseada no Infográfico que já disponibilizei aqui no blog, eu analisei cada um dos vegetais e as suas combinações. Vocês sabia que alguns vegetais se dão muito bem se plantados juntos? Fica tudo explicadinho na imagem abaixo:
 
 

Eu plantei os seguintes vegetais: Alface, Cebola, Beterraba, Tomate, Cebolinha, Abóbora e Cenoura. Infelizmente não obtive sucesso em todos, todas as sementes germinaram, mas nem todas desenvolveram-se bem, vou listar aqui para vocês os erros que cometi nesse processo:

- Eu usei um copinho de chá descartável como sementeira, não é exatamente um erro mas eu não observei que o pote em si acumula muita água e os buraquinhos que fiz não eram o suficiente.
- Antes das regas eu deveria ter afundado o meu dedo na terra para ver se a mesma estava úmida, ao invés disso eu só olhava a superfície.
- Coloquei poucas folhas secas para cobrir o solo, se tivesse colocado mais as minha mudinhas estariam mais protegidas.
- Um dia resolvi colocar as mudas em um lugar com  sol mais intenso e isso foi o meu fim, poucas mudinhas sobreviveram aquele dia de sol.
- Em um copinho tinha colocado mais ou menos seis sementes, das sementes de alface só germinaram duas, , tive sucesso com a  germinação das sementes de cenoura, porém perdi as mudinhas por causa da brilhante ideia de colocá-las no sol, assim como perdi algumas mudas de tomate e beterraba.

A beterraba já nasce com essa cor linda!

Resumindo daquilo que semeei em Abril tenho apenas: Duas mudas de Beterraba, três de Tomate e quatro de Cebola.
 A Abóbora plantei em um lugar a parte, não comprei a sementes não, usei a abóbora comprada no sacolão mesmo, cavei um buraco no chão e joguei as sementes e algumas cascas de legumes e as bichinhas brotaram, agora vou espalhar as mudas no meu quintal.
A cebolinha também comprei no sacolão, usei uma técnica hidropônica foi bem simples:
 - Corte o talo da cebolinha com a raiz, pode ser apenas aquela parte branca, coloque um pouquinho de água no fundo do copo e em seguida coloque a cebolinha. Quando você ver que cebolinha brotou passe -a para terra, antes de colocar na terra passe a mão na raiz para retirar "os cabelinhos podres", mantenha a terra sempre úmida com bastante matéria orgânica e nunca deixe a terra encharcada.

Agora em Junho vou plantar novas sementes, não vou perder o pique, vou tentar novamente.
Muda, beterraba, tomate, alface, horta, sementeira
Da esquerda para direita mudas de Beterraba, Tomate e no fundo Alface.

Então é isso pessoal, como estão as plantinhas de vocês? Tendo dificuldade com alguma é só falar nos comentários o que eu souber e puder ajudo vocês!

Até o próximo post!

25 de mai de 2017

Minha Horta: Aproveitando as folhas secas.

Hello people!

É isso mesmo mais um post sobre a minha horta e se preparem porque vai rolar muitas dicas por aqui, então let's go!

Utilizo as folhas secas também na minha sementeira
Hoje compartilho com vocês uma dica que aprendi em um Workshop sobre horta, o uso das folhas secas na horta. Pra começar quero informar que essa dica você pode usar em qualquer plantio.

Tudo começou com um cara chamado Mokiti Okada, através da observação da natureza  ele desenvolveu um método de agricultura que propõe cultivar os vegetais de maneira mais natural possível, mas o que isso tem haver como a minha horta? Pois bem, já reparou que embaixo das árvores sempre há folhas secas, então, essas folhas que muitas vezes nós achamos que sujam o ambiente são muito importante:

- As folhas que caem no chão ajudam a manter a umidade do solo e consequentemente a temperatura também.

- As folhas podem servir como adubo, afinal é um material orgânico em processo de decomposição.

- As folhas ajudam também a manter a terra fofa evitando aquele efeito de "terra compactada", facilitando assim o crescimento da planta.

Aqui em casa eu tenho um pé de algodão e pude perceber que as folhas do algodão secam bem rápido, então sempre aproveito essas folhas da seguinte forma:

- Misturando - as na terra, eu as uso como adubo, sei que assim estou enriquecendo a terra com bastante material orgânico.

- Toda vez que planto alguma coisa cubro o solo em volta da planta com as folhas secas, dessa forma eu preservo a umidade, diminuindo assim as regas e também previno que aquele solo ali fique duro prejudicando o desenvolvimento da planta.


Misturo as folhas secas na terra, assim adubo e deixo a terra mais "fofa".
Você pode usar essa técnica em qualquer vegetal, pode ser na horta, no jardim, pomar em fim não há restrição.

Eu achei essa dica muito simples e com excelente resultados, e você o que acha?

Até o próximo post. 

23 de mai de 2017

1 Ano 12 Cores: A vida, as competições e a Medalha de Prata.

Hello people!

Estamos no quinto mês do desafio 1 Ano 12 Cores, e neste mês de Maio a cor escolhida foi a Prata. Resolvi então escrever mais uma das minhas reflexões. Let's go!

Prata é a medalha que se dá ao segundo colocado, moedas de prata valem metade que as moedas de ouro, em fim Prata está sempre em segundo lugar.
Quantas vezes na vida somos aferidos pelo valor "Prata".
Aprendi que determinadas comparações só servem para diminuir o ser humano, mas a pior comparação que se pode existir é aquela em que te dão o segundo lugar, você sempre fica com aquela sensação de que faltou pouco, de que você é um "quase" campeão.
Existem pessoas que simplesmente não consegue viver sem se comparar com a vida de alguém, seja para dizer que aquela pessoal é um máximo ou para diminuir o outro.

Para uma pessoa egoísta a medalha de ouro só cabe nela, qualquer um vale menos e ele capaz das atitudes mais sujas para garantir o 1º lugar. Dentro de um contexto de jogos esportivos alcançar o 1º lugar é fundamental todos estão ali para isso, mas na vida não é assim.

Vou compartilhar com você uma coisa, muitas pessoas tentarão colocar uma medalha de prata no seu peito e poucas pessoas te darão uma medalha de ouro, mas independente do que seja feita a medalha não aceite! Uma vida não pode ser comparada com a outra, somos únicos ao nosso modo e por essência somos iguais!

Lembre-se: Você não precisa ser melhor que ninguém, mas todos os dias dê o seu melhor!

*** 1 Ano 12 Cores ***
Quer saber tudo sobre o nosso projeto siga a nossa hashtag #1ano12cores no Instagram.
Conheça os blogs participantes:

25 de abr de 2017

Minha Horta: O que plantei no mês de Abril?

Hello people!

Está chegando o mês de Abril, faz pouco tempo que entramos na estação de outono, época que eu considero ser mais fácil lidar com a horta, temperatura mais baixa, solo mais úmido em fim o clima é mais agradável e mais favorável para que as plantas se desenvolvam com mais independência.



Estava aqui pensando sobre o que plantar  no meu quintal, lembrei de um infográfico que compartilhei com vocês aqui no blog dei uma lida nele e selecionei os vegetais que estarei plantando nesse mês de Abril.
Para mim, este será um desafio e tanto, porque agora decidi que irei pegar firme na horta, eu estava plantando uma coisinha aqui outra ali, quando chegou o verão não consegui dar conta do recado, mas nesse outono quero começar o plantio para valer.

Então a primeira coisa que decidi é a escolha dos vegetais que irei plantar, escolhi os seguintes:

Beterraba: Seu plantio se dá de Abril à Julho, a colheita de Junho à Setembro.
Cenoura: Seu plantio se dá de Maio à Julho, a colheita de Julho à Novembro.

Abobrinha: Seu plantio se dá de Abril e Maio, a colheita de Julho à Outubro.
Pepino: Seu plantio se dá de Abril e Maio, a colheita de Julho à Setembro.

Cebola: Seu plantio se dá de Março e Abril, a colheita de Agosto à Outubro.
Cebolinha: Seu plantio se dá de Março à Junho, a colheita de Maio à Dezembro.

Abóbora: Seu plantio se dá de Abril e Junho, a colheita de Setembro e Outubro.
Milho: Seu plantio se dá de Abril e Junho, a colheita de Julho e Outubro
Tomate: Seu plantio se dá de Março e Abril, a colheita de Julho à Outubro.

Lógico que existem outros vegetais que podem ser plantados nessa épocas, listei apenas alguns aqui. Espero que tenham gostado da minha seleção e vamos que vamos nesse desafio!

E você gosta de plantar também, conte a sua experiência nos comentários.
Para ver o Infográfico, clique aqui.

Até o próximo post!

18 de abr de 2017

1 Ano 12 Cores: Flatlay Dourada.


Hello People!

Estava aqui pensando sobre o desafio 1Ano12Cores desse mês, e em uma das minhas "andanças" pela internet conheci um conceito de fotografia chamado de Flat Lay.

Flat Lay é uma foto com vários objetos organizados em uma superfície plana, pode parecer algo fácil, mas não é não. Não adianta apenas escolher o objetos e agrupá-los, a foto precisa ter um visual que chame a atenção do público e que transmita alguma mensagem, não pode ser uma coisa aleatória e bagunçada.

Agora que já sabemos o conceito de Flat Lay vamos ao desafio! Let's go!

Bem o primeiro passo é a escolha do fundo onde será expostos os objetos, eu escolhi um fundo de madeira branco, como já sabemos a cor branca é ótima para exposição de qualquer coisa, mas você pode escolher uma outra cor desde que ela evidencie os seus objetos.

#flatlay
Flat Lay de acessórios dourados
Aproveitando que o meu fundo é de madeira resolvi fazer também uma Flat Lay com elementos rústicos, confesso que eu goste mais dessa composição.

Flat Lay com elementos rústicos e dourados.
Eu poderia colocar os elementos da Flat Lay em outras posições, de cabeça pra baixo, uns na horizontal outros na vertical, em fim use a sua criatividade.
Espero que tenham gostado do post desse desafio, eu gostei muito do resultado e pretendo me aprimorar mais. Me diz aí o que acharam da minha Fla Lay

*** 1 Ano 12 Cores ***
Quer saber tudo sobre o nosso projeto siga a nossa hashtag #1ano12cores no Instagram.
Conheça os blogs participantes:

13 de abr de 2017

Como não viajar sozinho.

Hello people!

Confesso a vocês que muitas vezes deixei de curtir um passeio por não ter com quem ir, infelizmente as pessoas que eram próximas a mim não tinham interesse ou não estavam disponíveis. Isso é algo muito comum, muitas pessoas passam por isso, mas não precisa ser assim.
Viajar acompanhado hoje é uma questão de opção.
Angra dos Reis
Porto em Angra dos Reis/RJ.

Como ter companhia para viajar?

Sabe aquela página do Facebook que você conhece que geralmente anuncia aqueles passeios estilo bate e volta, então te convido a dar uma chance para alguns desses eventos. É claro que você não irá acompanhar qualquer página e nem ir em qualquer passeio, o ideal é sempre buscar um grupo que algum amigo ou conhecido faça parte e já tenha experimentado os passeios promovidos nela.
Você pode achar que essa é uma dica boba, mas saiba que algumas pessoas sempre conseguem companhia para viajar em encontros desses grupos, não estou aqui dizendo que você irá encontrar sua "alma gêmea", o sentido do post não é esse, estou dizendo que você precisa estar cercado de pessoas que possuam o mesmo interesse que você.
Minha mãe é um exemplo, vivia falando que queria fazer alguns desses passeios, mas não tinha com quem ir, aí um dia falei para ela de uma página de excursões, (soube dessa página porque uma amiga fez um passeio com a mãe dela) então um dia minha mãe resolveu aceitar a minha sugestão e pronto! Hoje em dia ela sempre tem companhia para as suas viagens, encontrou várias pessoas que assim como ela gostam de viajar e gostam de boas companhias.

Vista Chinesa
Vista Chinesa/RJ.
É necessário sair do sofá para fazer novas amizades, é necessário arriscar em nova experiências. Recentemente tive uma grata experiência em um passeio que fiz, minha viagem foi com um grupo pequeno e isso para mim foi muito bom, tive a oportunidade de conhecer um pouco de cada de pessoa, aprender e compartilhar experiências com elas, valeu muito a pena.
As vezes pensamos está só nesse mundão, mas se você der uma chance para as coisas novas, vai perceber que não... encontrei pessoas que possuem o mesmo interesses que eu e que passam a mesma dificuldades, isso foi ótimo! Então let's go desse sofá, sacode essa poeira e vamos viajar!

E aí gostaram da dica? Não quero ver ninguém em casa de bobeira se sentindo For Ever Alone! Bora Passear!

Até o próximo post!

31 de mar de 2017

Como é o meu cabelo tipo 4.



Meu cabelo é misto, possui umas três texturas diferentes, mas eu o considero do tipo 4A. Os cachos dele são bem estreitos um pouco menos que a espessura de um lápis. Ele possui bastante volume,  preciso de técnicas para driblar o fator encolhimento, ele não possui muita densidade é um cabelo bem leve e os fios são finos. Como todo o cabelo crespo o meu cabelo é seco.

Ele é castanho escuro, embora em algumas fotos ele pareça preto. Na minha infância ele era castanho claro, me chamavam até de “cabelinho de fogo”, odiava esse apelido, porém hoje gostaria que ele se mantivesse naquela cor, porque simplesmente aprendi a gostar do que é “diferentão”. Já pensei em pintar o cabelo para mudar o visual, mas ainda não me sinto confiante nisso, tenho medo de acabar estragando o meu belão, então vou curtindo ele assim do jeitinho que está.
Hoje não utilizo nenhum tipo química no cabelo, mas já usei produtos com base em guanidina para relaxamento.
O que mais gosto nele é a sua rebeldia rsrsrs, ele é o que é e isso me desafia a estar sempre inovando com penteados, texturizações, finalizações e acessórios.
Quando passei a assumir o meu cabelo natural tive que mudar o meu estilo de vestir, os acessórios, maquiagem, roupas entre outras e coisas. Aprendi muito com essa minha decisão principalmente a conhecer melhor os cosméticos que uso nele, e também as maravilhosas receitinhas caseiras.
Não mudaria meu cabelo em nada, mesmo ele sendo misto gosto dele assim, porque essa é a herança que os meus pais me deixaram, é a minha genética e amo isso.
Não me importo com que as pessoas acham do meu cabelo se está bonito ou não, o importante é eu me sentir bem, vejo as coisas da seguinte forma: Se não estou fazendo mal a ninguém então que se dane a opinião dos outros. Assim como tem gente que não achava o meu cabelo bonito, há pessoas que acham sim, e vejam só que curioso, quando assumi as madeixas naturais passei a receber vários elogios. Tenho um jargão: Cabelo bonito é cabelo saudável.
Aprendi a cuidar dos meus cabelos sozinha, vendo vídeos no YouTube, lendo blogs e testando os produtos e receitas caseiras, hoje já tenho uma rotina pra ele e já sei o que ele necessita para se manter saudável.

Espero que tenham gostado em saber um pouquinho mais sobre mim, e você qual a história do seu cabelo?

Até o próximo post!


23 de mar de 2017

Meu Passeio ao Refúgio a Pedra Aguda.

Hello people!

Faz algum tempo que não compartilho com vocês algumas dicas de passeio, confesso que ando meio parada, mas estou voltando ao ritmo. Let's go people!
O Refúgio da Pedra Aguda fica localizado na cidade de Bom Jardim no Rio de Janeiro, próximo a conhecida cidade Nova Friburgo.

Restaurante


Sai de Nova Iguaçu bem cedinho, o trajeto de carro dura mais ou menos três horas e meia. A viagem foi agradável, fui com uma amiga que está iniciando nesse ramo de turismo, ela fez o pacote, reuniu algumas pessoas e let's go!
Eu particularmente amei o lugar, pois ele reúne tudo o que gosto, natureza, comida caseira e aquele ar de vida no campo, foi uma experiência muito agradável para mim.
Fiquei hospedada em um hostel, o local é muito simples bem rústico e super ecológico, apesar de possuir esse aspecto rústico as acomodações não deixam nada a desejar, o hostel possui alguns quartos e beliches, água, luz, chuveiro e descarga funcionando e é claro camas quentinhas...rsrsrs Dormi muito bem!

hostel

A cozinha é dos Amigos a Marta é quem faz a recepção e o Pierre é um figurante lavador de pratos.

Cozinha


A comida é excelente feita no fogão de lenha, a Marta é uma cozinheira de mão cheia e muito simpática.

Comida Caseira


Sabe aquela comida caseira bem feita que você percebe que foi feita com muito amor? Então, engordei alguns quilos rsrsrsrs.

Pão Caseiro


O local possui uma piscina natural com um paisagem incrível, a natureza é abundante e o clima agradável. Próximo ao local ficam as trilhas Novo Mundo e a Pedra Aguda, ainda não as conheço mas retornarei em breve.

Piscina Natural


O grupo no qual participava era formado por pessoas maravilhosas, muito simpáticas e com eles não tinha tempo ruim, estar bem acompanhado em um passeio desses é fundamental, me diverti muuuito! Joguei Uno, Baralho, tivemos vários papos e tiramos várias fotos.... e não esqueça de que o dono do celular tem que aparecer na foto, hein!

Paixão por Viagens RJ


Ganhei batata-doce na estrada, catei alguns limões galegos e conheci um senhor com o nome de Feijão que faz licores, geleias e algumas conservas em casa, eram produtos artesanais, feitos em casa e da localidade kkkkk (piadinha interna, sorry). Eu comprei uma conserva de tomate seco e em breve teremos receitinha aqui no blog.

limão galego e batata-doce


Poderia ficar aqui falando horas e horas sobre esse passeio, tenho muita coisa para compartilhar com vocês, então vão me acompanhando pra não perder nadinha.

Natureza


Amo conhecer novos lugares, mande sugestões para mim, contato: natasha_arruda@ig.com.br.

Até o próximo passeio.

Local: Refúgio da Pedra Aguda
Como cheguei: De carro pela agência Paixão Por Viagens - Instagram: @paixaoporviagensrj

Natureza


15 de mar de 2017

1 Ano 12 Cores: O meu lençol Branco.

Hello people!

Mais um desafio do projeto 1 Ano 12 Cores e para o mês de Março a cor escolhida foi a branca, muita coisa podemos falar sobre essa cor, acreditem sua simbologia na história mundial é incrível, por exemplo, em 1945 a população de Munique pendurou lençóis brancos nas janelas para esperar em paz pelos soldados americanos.

Paz
Fonte da Imagem: Aliexpress
Diante do cenário atual onde se tem visto, ouvido e presenciado tanta guerra e violência, me pergunto em como uma pessoa simples de pouco recursos financeiros como eu, pode contribuir de alguma forma com a paz? Se formos avaliar o problema pela raiz perceberemos que as nossas atitudes cotidianas pouco contribuem para um ambiente de paz. Então decidi que vou colocar o meu lençol branco na janela também, para dizer a qualquer um que esteja preparado para guerra que eu o espero em paz.
Diferente da população de Munique não estou em rendição, porque não me dei por vencida, apenas usarei aquilo que está ao meu alcance em benefício da paz. Muito falamos dela mas pouco fazemos por ela , você não precisa de uma arma de fogo para causar guerra, como também não é possível estabelecer a paz em lugar simplesmente por estender um lençol branco em uma janela.

O meu lençol branco são as minha atitudes, é o comportamento que desejo adquirir em benefício da paz, o meu lençol branco é o meu dia a dia. Separei três atitudes que irão me auxiliar a ter um comportamento mais apaziguador.

Ouvir mais: Ouvir o que outro tem a dizer no propósito de estabelecer um acordo, não ouvir por ouvir, mas sim ouvir por entender que uma briga não é a melhor solução.

Me colocar no lugar do outro: Entender o contexto em que o outro vive, entender os seus motivos, entender a sua dor e a também a sua alegria, assim fica mais fácil a realização de um diálogo e também encontrar uma solução para qualquer conflito existente.

Exercitar mais a minha mente e o meu corpo: Fazer atividades físicas é um excelente remédio para eliminar as energias negativas e manter o controle das nossas emoções. Já dei essa dica aqui no blog por diversas vezes, buscar coisas que fazem bem a nossa saúde mental e corporal é primordial para vida humana. Ler um livro, fazer aquela receita preferida, praticar esporte, busca ter contato com a natureza, se envolver em obras de caridade ... todas essas coisas ajudam a propagar a paz.

Sei que a Paz Mundial é algo muito complexo, existe muito mais coisa a ser discutida, mas acredito que se cada um buscar mudar o seu próprio comportamento em benefício da paz, então o ambiente em que vivemos se tornará mais tolerável e menos apavorante.

E você vai estender um lençol branco em sua janela?

*** 1 Ano 12 Cores ***
Quer saber tudo sobre o nosso projeto siga a nossa hashtag #1ano12cores no Instagram.
Conheça os blogs participantes:


Fontes:

Branco: 50 curiosidades interessantíssimas que você não sabia sobre a cor
Siga sete passos para ser uma pessoa mais tolerante
 

3 de mar de 2017

Os primeiros passos de uma dançarina - Laís Paiva.

Dançar é a forma que utilizo para transmitir felicidade, é a minha essência.

Unidos da Tijuca - Laís Paiva
Unidos da Tijuca - Carnaval 2017 - Ala Beyoncé

O início

Me recordo que comecei na catequese dançando quadrilhas nas igrejas, amava essa época de festas de São João. O gosto nasceu aí. Através de uma amiga na adolescência, por volta dos meus 13 anos, fiquei sabendo de um espaço cultural da Casa do Menor uma ONG que fica em Miguel Couto, Nova Iguaçu/RJ,  nessa ONG eram oferecidas aulas gratuitas de dança e várias outras atividades. Passava meu sábado e domingo inteiro fazendo atividades (dança, percussão, capoeira, desenho, teatro), mas a dança foi o que mais me identifiquei. Comecei a dançar somente para não ficar sem fazer nada em casa, preferia fazer novas amizades.

Laís Paiva
Projeto da ONG Casa do Menor em Miguel Couto - Nova Iguaçu

Benefícios alcançados.

Sem dúvidas  a dança me beneficiou na formação da minha personalidade. E falando de apresentações, a turnê na Europa foi algo incrível, jamais teria condições financeiras de fazer uma turnê na Itália e França arcando com os custos.

Laís Paiva
Curtindo a neve na Europa.

Sonhos e Objetivos.

Meu objetivo é fazer com que as crianças e jovens percebam, assim como eu, que a arte é capaz de transformar as nossas vidas. Meu sonho é poder sempre ajudar o máximo de pessoas que puder! Salvar uma vida para mim, não tem preço.

Laís Paiva hoje.

Hoje sou professora de dança na ONG em que comecei como aluna, e tenho a possibilidade de fazer pelos outros o que um dia fizeram por mim. Além disso também dou aulas em algumas academias e estou sempre participando de alguns eventos, como Jornada Mundial da Juventude, Olimpíadas 2016. São experiências extraordinárias!
Olimpíada Rio 2016 - Parada Coca-cola.

Inspiração.

Minha grande inspiração é a simplicidade de Jesus Cristo. Ele move toda a minha vida é a forma com que eu escolhi viver.

Dificuldade

A falta de apoio do governo com os projetos sociais.

Uma mensagem.

Independente do seu objetivo jamais deixe de fazer atividade física, a dança traz alegria, amigos e felicidade. Encontrei na dança a forma de levar alegria e receber muito mais. É uma linda troca de amor através da arte. Nunca desistam dos seus sonhos! Nossa vida precisa ser movida através de um sonho, senão estaremos nesta vida sem viver

Pra saber mais sobre a Laís Paiva basta segui-la nas Redes Sociais: @laispaivag

21 de fev de 2017

Estilo de Vida Saudável. Como mudar? Iogurte natural.

Hello people!

Olha eu aqui de novo falando sobre saúde, hoje vim compartilhar com vocês um hábito que adotei após ter algumas complicações.
Como fazer iogurte natural

Para melhorar a minha flora intestinal eu passei a fazer o meu próprio iogurte. Todos sabemos que o iogurte possui lactobacilos que ajudam no funcionamento do nosso intestino.
Os lactobacilos ajudam na sintetização das vitaminas do complexo B, criam um ambiente propício as bactérias benignas ao nosso organismo, criam um muco de proteção para as paredes intestinais e também combatem as bactérias malignas. Um viva para os lactobacilos! Uhu! \o/ Eu sou sua fã cara!

Porque não usar o iogurte comprado no mercado?


Simples, você paga caro por um produto que não lhe trará o benefício desejado, uma vez que os iogurtes industrializados não garantem que os lactobacilos cheguem vivo ao seu intestino. Não estou dizendo que não haja lactobacilos, mas é muito pouco e se o iogurte tiver sabor e corantes aí menos ainda.

Durante o meu tratamento inicial para normalizar a flora intestinal eu precisei tomar probióticos que me foi receitado, eram um sachês que misturava na água e bebia. Depois disso eu passei então adotar o uso do iogurte natural. Os probióticos podem ser usados para outros fins também e eles são muito importantes para defesa do nosso organismo.

A minha dificuldade inicial está sendo com a escolha do leite, o ideal seria o leite puro, aquele que vem direto da vaca, pois esse leite de caixinha que compramos já está totalmente adulterado, logo, interfere na qualidade do meu iogurte. No momento estou a caça de um leite mais saudável para fazer o meu iogurte.

Como fazer iogurte natural?


Então eu comprei um pacote da Bio Rich que vem com quatro sachês. Primeiramente você ferve o leite e depois o deixa esfriar até a temperatura de 45 graus, caso vocês não tenha termômetro basta fazer o seguinte, coloca o dedo no leite quente se você conseguir ficar até 10 segundos então está na temperatura certa. rsrsrsrs Depois adicione o conteúdo de um sachê e dissolva bem no leite, em seguida coloque em um recipiente, prefira plástico, que o mantenha em um lugar que conserve a temperatura, eu coloquei o meu pote no formo de um dia para o outro.

Ficou bem consistente, coloquei na geladeira e depois de umas três hora já o consumi.

Costumo tomar todo dia pela manhã no café, conforme for pegando a manha, vou informado vocês.

Até o próximo post.

15 de fev de 2017

1 Ano 12 Cores: Lilás, Mulher e Carnaval.

Hello People!
Fevereiro é o segundo mês do ano e a cor selecionada no Projeto 1 Ano 12 Cores é a Lilás, confesso que quando pensei na cor lilás para fevereiro a primeira coisa que me veio à mente foi o Carnaval mas o que lilás e o carnaval tem em comum?

Dia Internacional da Mulher

Em oito de março de 1857 um grupo de trabalhadoras em protesto, pararam as máquinas de tecer de uma fábrica em Cotton - Nova York, e o tecido que estava sendo trabalhado nesse dia era da cor lilás, mal sabiam elas que essa se tornaria a cor de toda uma revolução.
A cor lilás vista nos paetês e plumas nessa época de carnaval com certeza não tem nada a ver com o tecido lilás que foi queimado junto com aquelas operárias.  Em época de carnaval aumenta- se o índice de violência contra a mulher e também é onde mais se fatura com o turismo sexual. 
Nós sabemos que um dos símbolos do carnaval é a "mulata semi nua sambando". Sei que muitas não irão gostar desse meu ponto de vista, porém penso que deveríamos usar esse período em que o Brasil está nos holofotes e usar nossas imagens ao nosso favor, a nossa causa.
Dia Internacional da Mulher

Somos preciosas e se queremos que o mundo nos dê valor temos que começar a nos valorizar. Aquelas mulheres foram mortas por não aceitarem o trabalho escravo no qual eram submetidas, elas decidiram que não seriam mais fantoches do sistema, podem ter morrido, mas elas sim souberam se emponderar e o feito que realizaram é lembrado internacionalmente até os dias de hoje.  Agora pergunto qual é a figura internacional do carnaval brasileiro?

O político e o bicheiro celebrando abraçados 
Tem quizumba na bufunfa, mulata fenomenal 
Incentivando o turismo sexual 
                                                                                  - Paródia de Carnaval do Programa Tá no Ar.

A cor Lilás foi considerada por muitos anos como uma cor enigmática e especial, só a realeza poderia usar roupas com essa cor, ela representa poder, criatividade e mistério. Que mulher não gostaria de ser lembrada por essas características? 
Dia Internacional da Mulher

E você meninas por quais características gostariam de ser lembradas? 

*** 1 Ano 12 Cores ***
Quer saber tudo sobre o nosso projeto siga a nossa hashtag #1ano12cores no Instagram.
Conheça os blogs participantes:

 

Fontes:
Roxo - 50 curiosidades que você não sabia sobre
A origem do 8 de março
Letra da escola de samba Tá no Ar